Aldeias de Montanha recebem primeira edição do Portugal Walking Festival

0

A Região da Serra da Estrela, e as Aldeias de Montanha, afirmam-se como destino dos praticantes de Passeios Pedestres portugueses e estrangeiros, mostrando uma nova visão turística do território, onde se rompe com o estigma de ser apenas um destino de neve e frio.

Terá lugar na Rede de Aldeias de Montanha, de 22 a 24 de Novembro de 2013, a primeira edição do Portugal Walking Festival SEIA, iniciativa que se pretende ser um evento regular de grande amplitude na promoção da região como destino de Turismo de Natureza, com especial enfoque nos Percursos Pedestres. Este evento tem como grande objetivo divulgar a Rede de Percursos que está em desenvolvimento no território das Aldeias de Montanha – os Caminhos de Montanha. Esta rede, quando totalmente implementada, compreenderá um total de 14 rotas, de aproximadamente 100 KM de caminhos devidamente sinalizados e com informação disponível, em formato de guias de percursos pedestres, para os caminheiros.

A ADRUSE – Associação de Desenvolvimento Rural da Serra da Estrela integra o projeto de cooperação interterritorial Qualificação do Turismo Ativo, cofinanciado pelo Subprograma 3 do PRODER/Abordagem LEADER, com o objetivo de valorizar e promover os recursos ambientais do território e o seu potencial em termos turísticos. No âmbito deste projeto, e sob a marca World Adventure, têm sido desenvolvidas um conjunto de ações, onde se enquadra a presente iniciativa. Carlos Filipe Camelo, presidente da ADRUSE e da Câmara Municipal de Seia, considera o festival “… uma iniciativa piloto na dinamização turística do território e um bom exemplo do trabalho em parceria, na promoção e valorização do mundo rural e das suas populações, pois esta iniciativa só é possível com a participação da ADIRAM – Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha e a Câmara Municipal de Seia. Representa igualmente uma mais-valia para a promoção dos Caminhos de Montanha, que pela sua abrangência geográfica, irá contribuir para um maior desenvolvimento socioeconómico das populações residentes e, em simultâneo, proporcionar uma divulgação mais efetiva dos valores culturais e naturais da Serra da Estrela.”

Durantes dois dias de Passeios Pedestres, caminheiros portugueses e estrangeiros irão percorrer quatro percursos pedestres baseados na Garganta e Vale de Loriga, ao redor desta Vila e da Aldeia de Cabeça. Neste evento será ainda possível visitar a Aldeia de Alvoco da Serra, na companhia do Guardião da Aldeia, onde certamente se conhecerão fantásticas experiências de vida, bem como conhecer o CISE Centro de Interpretação da Serra da Estrela, em Seia. Momento alto do evento será também o jantar de sábado onde serão servidas as iguarias da rica gastronomia beirã e serrana.

A organização técnica do evento é da responsabilidade da SAL Sistemas de Ar Livre, operador de animação turística especializado em Passeios e Percursos Pedestres desde 1996 e conta com a certificação da responsabilidade da plataforma WalkingPortugal. Segundo José Pedro Calheiros, diretor técnico do festival: “A Serra da Estrela tem de ir mais além do que a imagem do turismo de neve. Este território tem “a Montanha” de Portugal, local privilegiado para caminhar, principalmente na Primavera, Verão e Outono, quando normalmente é menos procurada. Acredito que todos os Portugueses já terão vindo à Serra da Estrela, mas quantos o fazem fora do período de inverno?! Há que mudar de paradigma e afirmar a Serra da Estrela como a “A Montanha que Brilha”, tanto à vista como no coração de quem por cá caminha”.

Ainda sobre o destino de Passeios Pedestres há a realçar a importância do mercado internacional com mais de cem milhões de praticantes regulares, na Europa e América do Norte. O Portugal Walking Festival será o motivo de publicitação expedita junto destes amantes do andar a pé, para que não só participem nas suas edições, mas passem a colocar a Serra da Estrela na sua lista de destinos regulares de caminhadas. Nesta ação terá importância capital a intervenção das estruturas regionais e nacionais de turismo para levar mais longe esta informação contribuindo para a afirmação das Aldeias de Montanha enquanto destino preferência para o pedestrianismo em Portugal.

Ver mais em:

www.portugalwalkingfestival.com/seia

www.facebook.com/portugalwalkingfestival

Partilhe

Acerca do Autor

Deixe Resposta

*