Rota da Cigadonha: O minério e a arqueologia

0

Através do percurso circular da Rota da Cigadonha conhecemos os arredores da aldeia de Carviçais. Os antigos campos agrícolas, os solos com vestígios do minério de ferro, o pouco que resta de um castro estrategicamente situado e as zonas comuns de trabalho da aldeia. Estamos perante um percurso sem grande dificuldades físicas.

Descrição

Tem início junto à antiga Escola Primária e segue até à zona da Cigadonha, onde se situam às “Ruínas Castrejas da Cigadonha”. Desenrola-se por caminhos de muita história utilizados pelos nossos antepassados nos seus afazeres diários, com os carros de bois carregados de madeiras ou fenos ou a pé para irem lavar as roupas nos ribeiros. Destaque também para os vários locais onde a população da aldeia ia malhar o pão.

A rota passa por lugares emblemáticos como a Calçada do Carvalhal, Canelha das Lagas, Bouça das Almas, Castro da Cigadonha, Cigadonha, Calçada da Cigadonha, Fraga da Lage e Fonte do Prado.

Durante o percurso pode admirar as belíssimas paisagens que envolvem muitos lugares com histórias vividas ou ficcionadas que passam de geração em geração.

Pontos de interesse

Calçada do Carvalhal

Via de passagem utilizada pelas pessoas na sua rotina diária de Carviçais para os terrenos do Carvalhal e Souto.

Bouça das Almas

Conta a lenda que neste local houve uma batalha muito grande, onde se bouçaram ali muitas almas. Próximo fica a chamada Fraga do Rei, pois segundo dizem este terá ali pernoitado. Existia aqui também um pinhal que chegava até a Cigadonha e que pertencia ao Rei.

Castro da Cigadonha

Povoado fortificado provavelmente da idade do ferro, onde se ergue um cabeço, no alto do qual se vêm trechos de forte muralha considerada pelo povo como um castelo dos Mouros. Estão ainda visíveis fragmentos que remontam à idade do ferro.

Calçada da Cigadonha

Em tempos passados era a única via de acesso aos terrenos e lameiros existentes na Cigadonha e também era utilizada pelas mulheres para irem lavar a roupa ao ribeiro. Esta calçada é datada de 1776, podendo esta inscrição ver-se numa pedra existente no local.

Fonte: C.M. Torre de Moncorvo

Ficha do Percurso

Localização: Carviçais, Torre de Moncorvo

Tipo: Circular

Sinalizado: Não

Extensão: 6,5 Km

Duração média a pé – 2 horas e 30 minutos

Dificuldade – Média

Âmbito – Desportivo, Cultural e Ambiental

Época Aconselhada – Primavera e Outono

Onde ficar: Casa da Avó TH / http://www.casaavo.com/index.php

Track de GPS: https://ridewithgps.com/routes/14548456

[mappress][mappress]

Partilhe

Acerca do Autor

Deixe Resposta

*