O Rio Que Nos Une

0

Integrado no Festival do Peixe do Rio, que se realiza a 27 e 28 de Março, no Pomarão, a Escola Profissional Alsud promove no sábado, 27, a Jornada Ambiental, o Rio que nos Une, com a participação de diversas entidades. Esta jornada pretende debater as diversas perspectivas de desenvolvimento do rio Guadiana e apresentar os trabalhos do projecto Vascolhar – Conservar a Biodiversidade da Ribeira do Vascão sob um Novo Olhar.

A sessão de abertura, agendada para as 9h15, conta com participação do presidente da ADPM e da directora pedagógica da Escola Profissional Alsud. Seguem-se as comunicações de Paula Sarmento, da Administração dos Recursos Hídricos, subordinada ao tema “Planeamento e Gestão da água hidrográfica do rio Guadiana”, do Instituto Português de Transportes Marítimos, do Parque Natural do Vale do Guadiana com “Comunidades dos Peixes do Guadiana, um Património a valorizar” e de Canudo Seno sobre “A Protecção Civil, o rio e a segurança”.

Na segunda parte da jornada têm a palavra Brandão Pires, da Direcção-Geral de Pescas e Aquicultura, Paulo Silva e Maria Bastidas da ADPM, com o tema “Entre Limas e Vascão. Experiências de conservação à escala da bacia hidrográfica”. Para as 11h30 está agendada a apresentação do Projecto Vascolhar – Conservar a Biodiversidade da Ribeira do vascão sob um novo olhar”, pelos alunos do Curso Profissional de Gestão de Ambiente. João Simas apresenta “O Rio e os Homens. Comunidade Ribeirinha de Mértola” e os pescadores João encarnação e Sebastião contam “Histórias de homens do rio.

A Jornada encerra às 12h45, com as intervenções do Governador Civil de Beja e do presidente da Câmara Municipal de Mértola.

A organização da jornada foi partilhada com a Associação de Defesa do Património de Mértola, o Parque Natural do Vale do Guadiana, a Autoridade Nacional de Protecção Civil e a Câmara Municipal de Mértola.

Partilhe

Acerca do Autor

Deixe Resposta

*