Festa do Alvarinho e do Fumeiro em Melgaço

0

À descoberta de sabores e aromas na afirmação do território de 22 a 24 de abril.

De 22 a 24 de abril, o alvarinho e o fumeiro serão o centro das atenções. Este ano com uma imagem renovada, mas com a mesma qualidade e tradição. Num só espaço a oferta é diversificada e deliciosa: 30 produtores de alvarinho, 18 de fumeiro e produtos locais, 8 tasquinhas. O certame contará ainda com a presença de 16 associações e instituições que mostraram o que de melhor se faz no artesanato. Este ano, nas novidades há a destacar os showcooking &harmonização com os chefes Vítor Matos, Marlene Vieira e Rui Paula.

A Festa do Alvarinho e do Fumeiro é uma festa tradicional que tem evoluído ao longo dos anos, sem nunca perder a sua identidade e sempre focada na promoção e valorização da região e das suas principais caraterísticas. Em Melgaço, durante três dias assiste-se a uma mostra dos produtos locais ao Minho, a Portugal e ao mundo: todos os anos são muitos (e cada vez mais) os que de Portugal, e não só, se deslocam ao Município mais a Norte de Portugal para participar neste certame de renome, um evento incontornável na rota das festas gastronómicas do país.

Dos Vinhos Alvarinhos, ao Fumeiro e ao Artesanato, passando pelo Turismo e pela Gastronomia, a Festa do Alvarinho e do Fumeiro reúne as características populares que estiveram na sua origem e a evolução natural assinalada ao longo dos anos.

Não podemos descurar a grande importância deste evento para toda a economia local que, há mais de 20 anos, é impulsionada também através deste evento, sejam os produtores de Vinho Alvarinho, sejam os do Fumeiro que há um ano viram este produto ser distinguido pela Comissão Europeia, através da integração do presunto e da chouriça de carne na lista dos produtos com Indicação Geográfica Protegida (IGP).

Afirmação da Sub-região de Monção e Melgaço

Este ano, o Presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Batista, elegendo a Festa do Alvarinho e do Fumeiro como um dos eventos mais importantes do município apostou numa nova imagem e definiu para a edição de 2016 muitas novidades e um conceito renovado de afirmação deste grande momento.

Manoel Batista aproveita este evento como uma montra da afirmação do seu território e também e muito da Sub-região de Monção e Melgaço. O autarca recorda os ataques de que esta Sub-região tem sido alvo com o alargamento da zona exclusiva de produção do Alvarinho a toda a região dos Vinhos Verdes.

Mantendo-se firme na defesa do seu território, Manoel Batista afirma estar a assistir-se a um atentado contra a Sub-região e contra a fama conquistada por esta para o vinho verde Alvarinho, contra o qual se tem manifestado, juntamente com os diversos agentes locais, que em nada beneficiará Portugal. Aliás, aponta o autarca: “Trará consequências graves para a economia local”.

Uma mostra de promoção e venda dos produtos locais

Todos os produtores de alvarinho e de fumeiro do concelho marcam presença na feira que promove também o artesanato, o turismo, a gastronomia e constitui uma oportunidade única para a criação e a consolidação de laços entre os agentes do comércio, os consumidores e a produção.

O recinto da Festa conta com um total de 72 expositores, distribuídos por uma área coberta, 30 dos quais de Alvarinho, da Sub-região de Monção e Melgaço, 18 de fumeiro e produtos locais, 16 de artesanato, instituições e associações, e ainda com 8 tasquinhas. O recinto apresenta ainda uma Zona de degustações com capacidade para 140 pessoas sentadas; um Auditório de showcooking, com chefes de renome; e provas comentadas de vinhos, onde críticos e sommeliers conduzem a assistência por diferentes tipologias de Alvarinho.

Para além da exposição, prova e venda de produtos, o programa do evento oferece ainda um conjunto variado de atividades, de entre as quais se destaca a realização dos concursos de produtos locais e dos workshops de corte de presunto, o desfile de confrarias báquicas e gastronómicas, a animação musical, diurna e noturna, e ainda toda uma gama de atividades paralelas, de animação turística e desportiva.

Saiba mais sobre todos os produtores na página de facebook Festa do Alvarinho (www.facebook.com/festadoalvarinho).

Programa da Festa do Alvarinho e do Fumeiro 2016

Animação Turística e de Lazer

Desporto/Aventura Melgaço Radical

Rafting no Rio Minho (dias 22,23 e 24/9h30)

Rappel suspenso na Ponte Internacional Peso-Arbo (dia 22)

Paint Ball (dias 22, 23 e 24)

Caminhada pela “Rota das Pesqueiras” nas margens do rio Minho (dia 22)

Salto Pendular Ponte Internacional Peso-Arbo (dia 23)

Caminhada “Entre o Rio Minho e o Alvarinho”(dia 23)

Prova de Orientação no Centro de Estágios de Melgaço (dia 24)

Organização: Melgaço Radical | www.melgacoradical.com/geral@melgacoradical.pt

Desporto/Aventura Montes De Laboreiro

Arvorismo e Rappel (dia 22 /15h00 – Parque Campismo Lamas de Mouro)

Canyoning (dia 23 /10h00 – Parque Campismo Lamas de Mouro)

Arvorismo, rappel, escalada e slide (dia 24 /10h00 – Parque Campismo Lamas de Mouro)

Organização: Montes de Laboreiro | www.montesdelaboreiro.com/geral@montesdelaboreiro.pt

Parapente

Experiência de voo Bilugar sobre as encostas de Fiães e Roussas

Local de concentração: Lgº Hermenegildo Solheiro-Vila

Organização e apoio: Aboua Escola | www.abouaescola.com /alvarinhoparapente@gmail.com

Termas de Melgaço

Visita à Fonte Principal das Termal do Peso com prova

Horário: 15h00-18h00

Charrete

Passeios pela Zona Histórica

Saída/Chegada: Lgº Hermenegildo Solheiro

Horário: 14h30 – 18h30

Baptismo Hípico

Dias 22, 23 e 24 no Centro Hípico de Melgaço

Bebipedala (Bicicleta de 8 pessoas)

Passeios pela zona história com provas de Alvarinho

Saída/Chegada: Estátua Inês Negra

Horário: 10h30 – 18h30 | www.facebook.com/Bebipedala

Jornadas Gastronómicas

Visite os concelhos do restaurante e prove as suas ementas diversificadas, centradas na utilização privilegiada de produtos locais como o cabrito, a lampreia, o presunto, os enchidos e o Alvarinho, entre outros.

Tasquinhas

Em pleno recinto da Festa, 8 tasquinhas recriam pratos e sabores tradicionais num ambiente convidativo.

Partilhe

Acerca do Autor

Deixe Resposta

*