Festival do Contrabando une dois países em torno de uma identidade

0

De 29 a 31 de março realiza-se a terceira edição do Festival do Contrabando em Alcoutim (Portugal) e Sanlúcar de Guadiana (Espanha) oferecendo a todos os visitantes dias repletos de animação, história, artes e cultura, serão muitas as atividades disponíveis nestes dias em que é possível a todos os visitantes a travessia pedonal do Rio Guadiana.

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza; a Secretária de Estado da Cultura, Ângela Ferreira do Governo de Portugal assim como Viceconsejero de Cultura y Patrimonio Histórico, Alejandro Romero Romero; a Delegada del Gobierno Andaluz en Huelva, Bella Verano Domínguez a Vicepresidenta de Coordinación y Políticas Transversales y diputada responsable de Huelva Empresa da Diputación de Helva, María Eugenia Limón Bayo são presença confirmada para o dia 29 de março na abertura oficial do festival e da ponte pedonal flutuante a partir das 14h30.

Se por um lado se celebra a arte, a cultura, a gastronomia e o património natural partilhado por ambas as vilas, por outro a atividade ilícita do comércio é tido como o mote para a (re)criação de tempos idos, onde muitas são as estórias partilhadas de pessoas que atravessavam a nado o rio de modo a poderem sobreviver.

O programa do festival, teve como conceito base subjacente à sua elaboração a valorização da identidade local através da linguagem universal das artes, tornando possível a definição de um novo território, onde, durante três dias, unidos por uma ponte pedonal flutuante, dois países partilham uma identidade ancorada na vivência de dois povos que há séculos partilham as mesmas margens, as mesmas memórias, as mesmas lutas, as mesmas ambições e os mesmos sonhos.

Um sonho antigo de Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana, ter uma ponte que os une…Na realidade não há maior elemento que una as duas vilas que o próprio Rio Guadiana. Rio que é a razão da sua existência, outrora grande autoestrada do Sul, que aqui fez com que chegassem grandes civilizações, este presente em toda a histórias destas duas vilas gêmeas como se referiu a elas José Saramago.

O Festival do Contrabando – Tráfico de Artes no Guadiana é um evento internacional de âmbito cultural inserido numa estratégia de desenvolvimento turístico para o território, que se realiza nas vilas de Alcoutim e de Sanlúcar de Guadiana, organizado pelos respetivos municípios, com o apoio do Governo de Portugal, Turismo de Portugal, Região de Turismo do Algarve e 365 Algarve, Consejeria de la Presidencia de Junta de Andalucia, Diputación de Huelva, Patronato Provincial de Turismo de Huelva, Mancomunidad de Beturia, Delta Cafés e Fundación Cajasol.

O evento com entrada gratuita prepara-se para receber visitantes.

Consulte informação sobre o evento em:
http://www.cm-alcoutim.pt/pt/pt/agenda/4121/festival-do-contrabando.aspx
https://www.facebook.com/festivaldocontrabando/

Partilhe

Acerca do Autor

Deixe Resposta

*