Flamingos, ruinas e paisagens deslumbrantes!

0

Junto a Miratejo, na Península do Alfeite, temos a Ponta dos Corvos um local muito utilizado pelos banhistas no Verão mas que, no Outono e no Inverno, é um espaço de observação de aves muito interessante.

Texto e fotografia: Vasco de Melo Gonçalves

A Ponta dos Corvos é um espaço que me provoca um universo de sensações que por vezes são antagónicas. Por um lado temos as aves que povoam o sapal de Corroios e nos proporcionam momentos únicos como os de um grupo de 150 flamingos alimentando-se calmamente alheios à pressão urbanística e de arquitetura muito duvidosa!

Por outro lado, caminhando ao longo da Ponta dos Corvos temos uma paisagem deslumbrante com Lisboa de um lado e baía do Seixal do outro. Duas realidades arquitetónicas diferentes mas, ambas, cativantes.

Um terceiro motivo de interesse é o de caminhar por espaços esquecidos pelo tempo onde as ruinas são uma realidade. Antigas secas de bacalhau e estaleiros navais fazem-nos imaginar como seriam aqueles espaços antigamente. É um passado que não volta, são memórias que não são respeitadas, é um património que desaparece…E a desaparecer estão alguns moinhos de marés da região e o que foi recuperado (Corroios) está fechado a cadeado!

Como já referi, a Ponta dos Corvos provoca-me sensações contraditórias mas penso que é um local a visitar especialmente na época do Outono/ Inverno e na Primavera. A extensão do percurso é de 8 km e não está sinalizado.

Track de GPS: http://ridewithgps.com/routes/3528170

[mappress]

Partilhe

Acerca do Autor

Deixe Resposta

*