Curso sobre Fortalezas Abaluartadas

0

“As Fortalezas Abaluartadas na História e na Arte Portuguesa” estão em análise num curso a realizar nos dias 7 e 8 de outubro, em Palmela e Oeiras, no âmbito do Dia Nacional dos Castelos, com inscrições a decorrer até dia 4.

Os interessados em participar na formação, organizada pela Câmara Municipal de Palmela com o apoio do Ministério da Defesa Nacional, podem inscrever-se ainda em visitas guiadas ao Castelo de Palmela ou ao Forte de São Julião da Barra, em Oeiras.
Os ingressos para a participação na iniciativa, dirigida pelo historiador Joaquim Boiça, do Espaço e Memória – Associação Cultural de Oeiras, e que inclui ainda, no dia 7, um concerto no Cine-teatro S. João, a cargo de Jorge Arribas e Diego Galaz, do projeto musical “Fetén Fetén”, integrado na Mostra España 2017, têm o custo de 10 euros para o público em geral.
Os sócios do Grupo de Amigos do Concelho de Palmela, os membros do GEsOs – Gabinete de Estudos sobre a Ordem de Santiago, da autarquia, assim como as/os estudantes e docentes de escolas fora do concelho pagam cinco euros. Para as/os professoras/es que lecionam em estabelecimentos de ensino do concelho e alunos que estudam ou residem no concelho, a inscrição é gratuita.
Já os portadores do Palmela Tourist Card ou do Cartão Municipal Idade Maior contam com um desconto de 10 por cento sobre o valor estabelecido para o público em geral.

As inscrições podem ser efetuadas no Património Cultural da Câmara Municipal, com o telefone 212 336 640 ou o endereço patrimonio.cultural@cm-palmela.pt, até dia 4 de outubro.

Programa
7 outubro | Auditório da Biblioteca de Palmela
Direção: Dr. Joaquim M. F. Boiça

9h00 – 9h30 / Receção aos participantes
9h30 / Sessão de abertura do curso
9h45 – 10h30 / Historiografia do tema (Contexto historiográfico)
1. A Arquitetura Militar Abaluartada (Contexto artístico)
1.1. Do castelo medieval à fortaleza moderna. Conceber e modelar a transição
10h30 – 10h50 Pausa

10h50 – 12h30
1.2. A arquitetura militar abaluartada: uma nova linguagem construtiva e da arte da guerra (do Renascimento ao Iluminismo)
12h30 – 14h00 Pausa para almoço
14h00 – 15h00 Visita orientada à fortaleza de Palmela
15h30 – 16h40
1.3. Escolas e experiências; o dinamismo conceptual e construtivo da arquite- tura abaluartada (séculos XVI – XVIII). O papel dos arquitetos e engenheiros militares
1.4. A arquitetura abaluartada e o Poder. A cidade e a paisagem fortificada
16h40 – 17h00 Pausa

17h00 – 18h30
2. A Fortaleza Abaluartada (Saber Ver)
21h30
2.1. Morfologia e nomenclatura da fortaleza abaluartada
Concerto Fetén Fetén com os músicos Jorge Arribas e Diego Galaz, interpretando composições com invulgares instrumentos Cine-Teatro S. João, no âmbito da Mostra España 2017

8 outubro | Fortaleza de S. Julião da Barra
8h15 / Partida junto ao Cine-Teatro S. João, Palmela
9h00 – 10h30
3. A Fortificação Abaluartada na História Militar Portuguesa (contexto histórico)
3.1. A fortificação abaluartada na história da expansão portuguesa
3.2. A fortificação abaluartada na história da guerra moderna portuguesa
10h30 – 10h50 Pausa

10h50 – 11h30
4. CASOS TIPO (Conhecer | Saber Ver )
4.1. Fortificação Marítima: Fortaleza de Mazagão; Cidadela de Cascais
4.2. Fortificação Terrestre: Fortaleza de Almeida; Forte de N. Sra. da Graça (Elvas)
11h30 – 13h30 / Visita orientada à Fortaleza de S. Julião da Barra
Almoço livre
15h30 / Saída de Oeiras (chegada prevista a Palmela às 16h30)

Partilhe

Acerca do Autor

Deixe Resposta

*