Círculo Leitores: Coleção “Património Natural do Mundo”

0

Uma coleção que é uma celebração das riquezas naturais do nosso planeta, selvagens e sensíveis, em constante desafio às alterações climáticas. Com uma cuidadosa seleção de imagens de fotógrafos especializados, apresentamos-lhe uma seleção dos mais belos parques nacionais, regiões protegidas e reservas da biosfera. Cada país revela os seus melhores segredos, quando nos afastamos das zonas urbanas e chegamos ao interior tranquilo e por vezes inóspito, ou ao aprazível e por vezes selvagem litoral. Observar e ler cada página é embarcar numa odisseia que nos deixa sem fôlego e nos faz descobrir os locais mais selvagens e exóticos, bem como os ecossistemas com a maior biodiversidade, a nível mundial.

Volume I – “Europa do Sul”
O densamente povoado sul da Europa tem para oferecer, não apenas tesouros culturais de renome mundial, como também abundante natureza intocada: inúmeros parques nacionais e zonas protegidas contribuem para a conservação de regiões fascinantes, com a sua fauna e flora tão ricas em espécies.
Espécies animais raras e ameaçadas pela extinção, como ursos, lobos, cegonhas e águias-pesqueiras, encontram, em vastas regiões de floresta e fluviais e no remoto mundo montanhoso, um habitat à sua medida. Os glaciares alpinos franceses, o tremendo Maciço do Monte Branco e os Pirenéus contrastam magistralmente com a paisagem idealizada da Provença ou da Costa Azul. Também a costa atlântica do norte de Espanha ou o Algarve, a Serra Nevada coberta de neve ou o fértil vale do Douro, juntamente com as ilhas das Canárias, da Madeira e dos Açores, compõem a natureza multifacetada do Sul. Desde sempre, somos maravilhados pela paisagem da Toscana, são míticos o Vesúvio e o Etna e inacessíveis as Dolomitas. Montanhas como o Olimpo e o Parnasso inspiraram a arte e a literatura. Em países como a Albânia, Bulgária, Croácia ou Eslovénia, a natureza surge ainda mais intocada, o mundo selvagem ainda mais intenso; aqui dominam penhascos agrestes, colinas solitárias, vales romanticamente intactos.

Partilhe

Acerca do Autor

Deixe Resposta

*